quarta-feira, 22 de junho de 2011

Filósofo cristão chama ateu de "covarde" por recusar debate


O americano cristão William Lane Craig (foto), 61, doutor em filosofia, acusou o britânico ateu Richard Dawkins (foto), 70, doutor em biologia, de “covardia” por recusar quatro convites para debater a existência de Deus. Craig é professor da Talbot School of Theology e autor de mais de 30 livros sobre cristianismo. Dawkins é o ‘papa’ do ateísmo. Ele é autor do best-seller “Deus – um delírio”.
Ambos são tidos como bons palestrantes. Nos Estados Unidos e Inglaterra, debates entre religiosos e ateus costumam ter grande audiência em universidades.
O americano fará um ciclo de palestra em outubro na Inglaterra e lá gostaria de se confrontar com Dawkins. Ele atribuiu a recusa do ateu ao medo de um grande fracasso.
Dawkins, que já teve um encontro com Craig no México durante um debate com a participação de seis pessoas, respondeu que o filósofo não o impressiona.
“Ele não é digno de minha atenção”, disse. "Não tenho a intenção de ajudá-lo em seu irresistível impulso  de  autopromoção."
Com informação do The Telegraph.
Via Paulopes Weblog

Via: www.guiame.com.

1 comentários:

Osvaldo disse...

Acho que o biólogo Dawkins certamente não tem cabeça para teologia ou para ser capaz de entender a presença do Deus vivo. Há pessoas que nascem para a matemática e lógica, mas não para língua ou literatura. Da mesma forma, há pessoas que nascem para serem melhores em sentir e compreender Deus, outras só sentem o mundo.
Deveríamos ser mais acolhedores.
É por isso que jamais devemos pensar q uma coisa ou outra jamais está certa. Deus pode ser a grande verdade, enquanto muitos vivem por aí gastando seu curto período de tempo nesta vida achando que sabe mais.

12 de dezembro de 2011 11:04

Postar um comentário