quarta-feira, 25 de maio de 2011

Jesus é mito e evangélicos são idólatras da Bíblia, afirma ex-padre

O ex-frade Marcelo da Luz, 42, escreveu um livro que tenta desacreditar todas as religiões.
Em “Onde a Religião Termina?”, o autor alega, entre outras coisas, que Jesus Cristo é um mito. Luz também afirma que os evangélicos são idólatras da Bíblia e que a Igreja Católica é uma seita lavadora de cérebros.
Por ser um ex-sacerdote, Luz escreveu um capítulo para desconstruir a divindade atribuída a Jesus.“A figura divina do Cristo é um produto pouco a pouco construído pelo fanatismo e interesse político de seus seguidores”, afirmou.
Mas não foram só os cristãos que receberam críticas, Marcelo Luz ainda alfineta os espíritas, dizendo que o espiritismo é uma religião que não liberta, apenas consola.
Na obra há críticas até mesmo para os ateus, que são considerados pelo autor como crentes equivocados.
No resumo geral do livro ele diz que todas as religiões atrasam a evolução da humanidade.
Marcelo da Luz se dedicou ao sacerdócio por 20 anos. Graduou-se no Brasil, Itália Estados Unidos em ciências humanas, filosofia e teologia.
Hoje ele é adepto da conscienciologia, uma proposta formulada pelo médico brasileiro Waldo Vieira para abordar a consciência humana a partir do pressuposto de que o universo e o homem são multidimensionais.
Isso explicaria os fenômenos paranormais (ou parapsíquicos) e também a reencarnação, que não é reencarnação da alma, mas da consciência.
Ele também aproveita o livro para explicar sua nova crença. “A Conscienciologia busca investigar objetivamente a realidade da consciência, sem crendice ou mistificação, reconhecendo no parapsiquismo a chave para a pesquisa da realidade multidimensional do ser humano, algo ainda amplamente ignorado pela ciência comum,” escreve.
Fonte: Gospel Prime
Com informações Paulopes

0 comentários:

Postar um comentário